A gente passa tanto tempo planejando uma viagem, sonhando com as atrações e já imaginando as fotos lindas que vamos tirar realmente é uma tristeza quando damos de cara com o tempo fechado, cinza, frio e chuvoso.

Tipo isso:

captura-de-tela-2016-10-05-as-16-56-00

Essa é minha atual situação rs. Mas eu tô morando por aqui, tenho uns seis meses para procurar dias de sol, aproveitar a neve para fazer fotos bonitas e esperar o dia perfeito para sair para o parque. O que significa que tudo bem eu passar o dia (literalmente) assim:

Mas e se você só tem alguns dias para aproveitar o máximo de um lugar? O jeito quando não dá para sair é… ficar dentro, mesmo. Mas vamos ser espertos, né? No dia da chuva, o jeito é ficar dentro de outros lugares. Explico.

1. Aproveite para conhecer os museus, vida artística e prédios da cidade.

Captura de Tela 2016-10-05 às 17.46.50.png
Catedral de Notre Dame, em Paris

Porque o lado de dentro quase sempre é tão lindo quanto o de fora ❤

2. Não deixe de visitar aquele rolê mais “dia-dia” do lugar.

captura-de-tela-2016-10-05-as-17-47-36
Um tradicional café em Viena, Áustria

Um dia chuvoso é perfeito para conhecer a gastronomia local, ou os cafés típicos, ou onde quer que seja. Mesmo se o seu turismo for mais de aventura, sempre tem lugares para serem descobertos.

Em um dia de muita chuva na cidadezinha de Huaraz, no Peru, fiquei meio presa no hostel sem saber o que fazer (não rola escalar montanhas na chuva quando se é uma iniciante como eu hehe)… Acabei indo para o mercadão municipal. E que experiência! Conheci muita gente interessante, vi comidas “estranhas”, vi animais sendo vendidos vivos, mortos, cozidos. Foi um grande susto, mas um mergulho maior ainda na cultura de outro povo aqui do ladinho da gente, mas tão diferente. Às vezes a gente acha que uma cidade é só aquilo que ela oferece para o turismo (no caso, belíssimas montanhas e lagunas), mas ela tem muito mais para ser explorada.

3. Fique no hostel e faça amigos

Outra opção é simplesmente ficar no hostel e fazer umas amizades. Viajar não é só tirar fotinhos bonitas pro Instagram (se bem que essa opção pode render fotos, sim), mas é também conhecer gente nova, línguas novas, histórias novas. Gosto muito de reservar pelo menos um dia ou uma noite para tomar umas cervejas e fazer novos amigos. Te garanto que sua viagem vai ficar muito mais rica – e seu inglês mais afiado rs.

4. Pega chuva, memo!

captura-de-tela-2016-10-05-as-17-49-07
Eu depois de muita chuva na Garganta do Diabo, Foz do Iguaçu

Olha, não vai ser um feriado inteiro de chuva que vai me impedir de conhecer a fucking garganta do Diabo, ah, não! Se a previsão é de chuva para o período todo da sua viagem, vai chegar uma hora que o jeito vai ser pegar as galochas, o guarda-chuva e enfrentar as intempéries da vida.

5. Se você curte fotos, saiba que dá pra fazer fotos bonitas em dias feios, sim senhor!

Captura de Tela 2016-10-05 às 17.49.46.png
Não é conhecida como ‘cidade da garoa’ à toa

Com certeza ajuda os 27 anos que eu tenho de prática na cidade da garoa, mas te prometo que dá para fazer bons cliques em praias, cidades histórias, onde for.

6. Use o transporte público

Sei que ficar andando por uma nova cidade é uma delícia, mas se tá chovendo e tá muito frio, talvez seja uma boa dar uma olhadinha no metrô e nos ônibus da cidade, não é mesmo?

Pessoalmente, gosto de fuçar o sistema público porque ele costuma ser bem diferente de país em país e alguns são absolutamente majestosos (tô falando de você, Rússia), enquanto outros podem ser bastante fofinhos (tipo os “bondinhos” que tem em Viena).

7. Escreva

Finalmente é o momento que você não esperava e não queria, mas que você vai agradecer de ter poupado: o momento da escrita. Sugiro sempre que você faça algum pequeno diário de viagem porque se não vai esquecer mesmo de onde foi tirada aquela foto ou quanto custou aquele passeio ou o que fez naquele dia. Aí alguém te pergunta sobre sua viagem e você já nem se lembra mais… Então aproveita para escrever um pequeno registro do que fez em cada dia, de coisas que não quer esquecer…

Odeia tudo isso e se recusa? Então aproveita para fazer reviews. Sites como HostelWorld e TripAdvisor dão prêmios e descontos para quem resenha as atividades/serviços/hospedagem que eles mostram. Mesmo num Foursquare da vida um review pode até te garantir uma cerveja de graça na próxima visita (yep, aconteceu comigo: uma vez quando critiquei e outra quando elogiei então só seja sincero e bem educado, mesmo).

*

Mesmo com todas essas dicas e a certeza de que é possível aproveitar férias chuvosas, não se esqueça da coisa mais simples: cheque a previsão de tempo no local. Não só a previsão para a semana que vem, mas principalmente a tendência anual. Não adianta nada marcar suas férias para a Bahia em julho e torcer para não chover. Ok, eu já dei bastante sorte e peguei só um ou dois dias de chuva em vinte dias baianos, mas isso é uma super exceção. Inverno no nordeste, chove. Período de monções na Índia, chove pra cacete. Época de tornado no Caribe, melhor estar evitando. E por aí vai. Usar o bom e velho Google é essencial para esses momentos.

*

Agora uma rápida porém maravilhosa observação:

O blog está com uma parceria com a linda Beatriz Marques, artista dona da página Sobre Tudo que Passa no Instagram. Vou usar algumas das lindas ilustras dela nos meus posts. Essa primeira, na verdade, veio totalmente por acaso e me fez muito feliz. A Bia me mandou direct no meu Instagram propondo a parceria. Eu já a seguia no Insta, mas ainda não tinha visto minha timeline no dia, só já respondi que sim, quero muito, feshow. E disse que meu próximo post seria sobre turismo em dias de chuva.

Assim que mandei a mensagem, fui ver a página dela. E dei de cara com essa ilustra linda e tudo a ver com o post de hoje! Era pra ser, ein? 🙂

Confiram lá!

captura-de-tela-2016-10-05-as-17-51-26
Arte de @Sobretudoquepassa
Posted by:Amanda Previdelli

Jornalista, paulistana e geminiana. Já estudou desde Política Internacional a Yoga e Astrologia. Compra brigas nas redes sociais e mesas de bar, mas gosta também de viajar e conversar.

One thought on “Vim turistar e não para de chover… e agora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s