A amiga da Alice é insegura. Muito insegura. Fica se comparando a outras pessoas e sempre perde em todos os sentidos. Bobagens.

Esses dias ela, a Carol, viu o ex-namorado com a atual namorada. Tem coisa pior para quem é inseguro? A atual parece boazinha, parece bonitinha, parece ok e parece ser gente boa. Assim, nada demais. Aos olhos da Carol, porém, a menina se torna indefectível.

Aí a Alice, para acalmar os nervos da amiga, que já faz promessas de entrar na academia e parar de comer carboidratos e passar um jet bronze (seja lá o que isso for, que nome mais aterrorizante!) vai lá e faz o que ela pode para tornar a coisa mais fácil.

– Carol, por favor, você é muito mais bonita! Sério, ela é insossa, você é linda, mulherão!

– Lice, jura?

– Juro!

– É, esse cabelo dela está precisando de uma hidratação pra tratar esses anos de péssima tintura, né?

Risadas venenosas e libertadoras. Mas aí vem a virada, aquilo que só poderia vir de uma mente insegura:

– Mas, Lice, você só piorou as coisas. Se ele está com ela e eu sou mais bonita…

– Ih, nem vem com loucuras.

– Alice, não tem academia para personalidade. Por que será que ela é mais interessante que eu?

Anúncios
Posted by:Amanda Previdelli

Jornalista, revisora e tradutora paulistana morando em Viena, na Áustria. Brazilian journalist, proofreader and translator living in Vienna, Austria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s