Ela gostava de ficar sozinha. Ele também. Ela fazia planos pro futuro. Ele vivia no presente. Ela falava de amor e de sexo. Ele falava de trabalho. Ela era doida para emagrecer. Ele cultivava uma pança com orgulho. Ela contava histórias. Ele ouvia. Ela não ligava muito para futebol. Ele era palmeirense fanático. Ela era extrovertida. Ele nem tanto. Ela era meio carente. Ele, meio ciumento. Ela não sabia nem fazer arroz. Ele cozinhava. Ela era ansiosa. Ele era tranquilo. Ela era viciada em redes sociais. Ele não entendia direito qual era a do Twitter. Ela sorria com frequência e naturalidade. Ele adorava isso. Ela não gostava de dormir grudada. Ele não dormia sem sentir o calor dela. Ela só mandava mensagens. Ele só ligava. Ela amava o verão. Ele, o inverno. Ela não sabia mentir. Ele achava graça. Ela gostava de cavalos. Ele de jogar bola. Ela era jovem, cheia de planos. Ele era mais velho. Ela era linda. Ele sabia. Ela gostava da cor dos olhos dele. Ele amava o cabelo dela. Ela ficava feliz de sentir o cheiro dele na cama antes de adormecer todos os dias. Ele tinha outra.

Posted by:Amanda Previdelli

Jornalista, paulistana e geminiana. Já estudou desde Política Internacional a Yoga e Astrologia. Compra brigas nas redes sociais e mesas de bar, mas gosta também de viajar e conversar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s