Flávio era um homem brilhante, mas brilhante, mesmo. Ele tinha uma das melhores mentes literárias da sua época. Um estilo de escrita assim leve, gostoso de ler e recheado de comentários e observações irônicas.

O único problema é que lhe faltava inspiração. Fica até feio dizer, mas faltava o conteúdo para Flávio transformar em obra prima com sua curadoria léxica.

Quer dizer, não é que ele nunca tivesse ideias. É que as ideias lhe vinham em momentos, digamos, inusitados. Sem rodeios: Flávio só tinha inspiração quando achava que ia morrer. E não é qualquer mortezinha, assim, não. Tinha de ser morte morrida, trágica, cheia de drama.

O bom é que, para uma mente criativa, a tragédia e o drama vêm mais fácil. Quão mais fácil? Dou-lhe logo um exemplo.

As melhores ideias vinham na quase-morte com sacrifício. Então Flávio quase morria por alguém todos os dias. Esse alguém costumava ser sua namorada, Cris.

– Cris, cuidado, o busão!

– Mas, Flavinho, ele tá longe e o farol…

Vupt!

Vupt, para explicar, é o barulho de Flavinho se lançando em frente à Cris, o que resultou em um joelho ralado (dela), um cabelo despenteado (de novo dela) e um belo conto (dele).

– Cris, cuidado, a poça d’água!

– Mas, quê?

Chuáááá!

– Puta que pariu, Binho.

Talvez por motivos assim, pensava o brilhante autor, lembrando da Cris, da Ju, da Bia, da Rita, os gênios estejam destinados à solidão. Que bonito, Flavinho.

Anúncios
Posted by:Amanda Previdelli

Jornalista, revisora e tradutora paulistana morando em Viena, na Áustria. Brazilian journalist, proofreader and translator living in Vienna, Austria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s